Pera aí!

Pera aí!

Meu nome é Gabriel Morini Duarte, tenho 22 anos e sou formado em Publicidade e Propaganda pela Anhembi Morumbi da Vila Olimpia.
Nasci e cresci no interior de São Paulo, em Presidente Prudente. Me mudei para esta grande metrópole em 2012, no meu segundo ano da faculdade, aos 17 anos.

Aos 18, após passar por outros 3 estágios em empresas de menor porte, fui aprovado no programa de estágio da Avon. Um processo realizado pela CIA de Talentos – Recomendo você entrar no site, caso esteja buscando estágio ou trainee – foram 4 fases. Primeiro você se candidata online e faz os testes. Depois eles te chamam para uma dinâmica em grupo, ainda no escritório da CIA de Talentos, foi divertido e interessante ver o quanto há jovens despreparados ainda nesta fase. #ficaadica desde o começo saiba que você esta entrando no mundo adulto, ainda que para uma vaga de estagiário, saiba que você precisa agir como adulto.

Na terceira fase pude finalmente conhecer o escritório da AVON America Latina, super bem localizado, era um sonho de consumo poder trabalhar ali. Novamente uma dinâmica em grupo onde cada um precisava pegar um “case” real e buscar a solução. Além disso cada um tinha que preparar uma apresentação de até 5 minutos que falava sobre você. Quem você era, porque queria trabalhar ali, quais suas visões do futuro, etc. Ainda lembro da minha apresentação.

Eram 4 slides, todos em P&B. O primeiro trazia meu nome e o desenho a lapis de um globo. Meu speech era sobre como eu gostaria de conhecer o mundo, não apenas viajando, mas também trabalhando. Como eu me sentiria honrado em trabalhar em uma empresa Global como a Avon. No segundo Slide tinha penas o desenho de um olho. Neste momento eu discursava sobre minhas qualidades, aquilo que me qualificava para a vaga, começando com o adjetivo: Observador. No slide número três estava a ilustração de uma lata de Coca-Cola. Mas o que que tem haver uma Coca-cola Gabriel??? Este era meu exemplo do profissional que eu queria ser, um profissional do gabarito de uma Coca Cola. Citei essa marca como meu maior exemplo de Marketing e inspiração. E no quarto e ultimo slide novamente apenas meu nome. E finalizei dizendo: Quero ser um profissional reconhecido pelo nome, quero que as pessoas da minha área, saibam quem eu fui.

Simples, completo e eficiente. Fui para a quarta fase que era uma entrevista com os possíveis gestores. APROVADO!

Compartilhe!

Comentários

Claire Underwood, de House of Cards

Claire Underwood, de House of Cards

Amém Claire Underwood.

Comecei a assistir House of Cards na Netflix esse ano e estou ainda na 2ª temporada. Mas os looks da primeira dama, vice presidente e presidente interina (sim, o boy já deu alguns spoilers) Claire Underwood estão me deixando só o Drake:

Não só os looks. Claire Underwood é empoderadíssima. Independente, inteligente, dona do seu próprio destino – no caso é dona da série também. Nossa, eu amo essa mulher. Cada episódio que passa, vejo como ela é forte e como é inspiradora. Claro que condeno algumas de suas atitudes, mas no geral acho que ela é um exemplo de mulher.

P.S. Vocês não têm ideia de como é difícil achar looks de corpo inteiro desses personagens de seriado, gente!

Acontece que os looks que ela usa na série são super corporativos e formais. Como Claire é esposa de um político – e ela mesma se torna política depois, tem que existir uma formalidade em seu dresscode. Essa formalidade começa sua aparição na forma de saias com comprimentos abaixo do joelho. A personagem raramente usa calças.

Claire Underwood, de House of Cards

Mesmo com a formalidade de seu ambiente de trabalho, seja na CWI ou na Casa Branca, a personagem capricha nos looks e está sempre vestindo roupas cheias de personalidade. A elegância é marca registrada de seu estilo e Claire Underwood demonstra isso através do corte impecável de seus vestidos, por exemplo. Decotes nada pronunciados e cortes de alfaiataria perfeitos também estão presentes em seus looks.

Claire Underwood, de House of Cards

Claire também faz uso de terceira peça. Seja para transformar um casaco em vestido ou para apenas criar uma linha vertical na produção. Vemos muito trench coat e blazers nos looks, o que torna a roupa mais interessante quando se veste só camisa, saia e vestido.

Claire Underwood, de House of Cards

E aí, o que acharam? Tenho mais outras personagens de seriados pra fazer posts aqui, então aguardem que vocês verão muitas novidades, heheheh.

Beijos, C.

Compartilhe!

Comentários

2 jeitos de Usar Jaqueta de Couro – Pra Homem

2 jeitos de Usar Jaqueta de Couro – Pra Homem

Há quem diga que a jaqueta de couro é um item que deve passar longe do guarda roupa de trabalho masculino! A menos que o dia em questão seja sexta-feira. O argumento que eu costumo ouvir é que “homens têm uma série de regras que não podem desobedecer”.

Existem sempre as particularidades de cada segmento… Mas essa é uma discussão que eu sempre me pego tendo com as pessoas: é possível adicionar alguma personalidade ao seu look e ainda assim manter o dresscode do seu ambiente de trabalho? A pergunta tem quase sempre uma devolutiva “não”. Minha resposta: mas sua conclusão é porque a regra é realmente clara ou porque você nunca viu ninguém usando?

A etiqueta da jaqueta de couro com looks formais é um pouco chatinha. Nada que não possamos contornar. Meu trabalho é colocar fotos de inspiração e ainda assim atingir um conteúdo mínimo de informação que não vá fazer vocês meninos morrerem de sono, rs. Por isso, separei as inspirações por segmentos do mercado de trabalho.

Você pode agradecer compartilhando esse post no seu Facebook.

Não se desespere, vou colocar fotos pra ser bem didática.

Ambientes ultra formais, como bancos e escritórios de advocacia, exigem que o dresscode mantenha um certo nível de cuidado em termos de cores, estampas e tecidos. Comece a introduzir a jaqueta no seu look de 5af e veja a reação da galera. Use a roupa que você usaria normalmente: camisa, gravata (as do tipo slim dão um ar de modernidade que orna com o couro) e prefira jaquetas escuras, como preto ou marrom café.

Como usar jaqueta de couro no trabalho

Se você é de escritórios de engenharia ou tecnologia, esses possuem certas formalidades, mas nem tanto. Tirando o Google. Aqui você pode usar seu look de calça de sarja e sapatinho, com camisa sem gravata e a tal da jaquetinha. Nesse tipo de look, estão permitidos os tons mais claros de marrom, além dos que citamos nos looks formais acima.

Como usar jaqueta de couro no trabalho

Profissionais de marketing e publicidade não estão inclusos na lista por motivos de: vocês já aprenderam a se vestir. Brinks. Vocês têm mais flexibilidade no dresscode! E, quando forem encontrar clientes, podem usar a jaqueta até nas reuniões mais formais. Isso adiciona personalidade e criatividade ao seu look. 😉

Aproveitem que estão fazendo vários nada e confiram minha pasta no Pinterest só dedicada a vocês, meninos. ACESSE AQUI!

Beijos, C.

Compartilhe!

Comentários