Cronograma Capilar para Iniciantes

Cronograma Capilar para Iniciantes

Cronograma capilar é amor, é vida, é cabelo de diva.

Vamos falar um pouquinho de cabelo? A maioria de nós mulheres compramos muuuuitos produtos – seja para testar, ou porque a amiga recomendou, ou porque leu nas internets. Mas, você sabe exatamente o que tem nos produtos que você usa e se está os utilizando corretamente, de acordo com a necessidade do seu cabelo? Hoje vou explicar pra vocês como funciona o cronograma capilar e como ele pode salvar sua pele seu cabelo.

O cronograma capilar é uma técnica de cuidado com a juba, que usa um calendário de tratamentos para embelezar suas madeixas. Sabe aquela agendinha de menstruação? Esquece, essa aqui é marlegal. Essa agenda varia de cabelo para cabelo, podendo ser um tratamento mais focado em reconstrução, nutrição ou hidratação – tudo isso para recuperar sua fibra capilar e te devolver a saúde, maciez e o brilho de sempre.

Mas, bora lá, qual a diferença entre os três?

Hidratação (H). Sabe o famoso frizz (cabelo arrepiado)? Sabe quando o cabelo fica armado ou embaraçado demais? Isso é um sinal de que seu cabelo precisa de hidratação. Esse processo ajuda a “amaciar” os fios e repor a água que o cabelo perde no dia a dia, por conta de ar condicionado, sol, clima, secador de cabelo… Para esse procedimento, não existem limites de número máximo de repetições por mês.

Nutrição (N). Você pega nas pontinhas do seu cabelo e elas estão ásperas, porosas… Logo pensa em meter a tesoura. Calma, mana! Não precisa se desesperar! Seu cabelo precisa de nutrição – óleos, gorduras. Quem tem o cabelo muito oleoso não sofre tanto assim desse problema, mas quem tem o cabelo misto pode precisar de mais nutrição. Esse processo é complementar à hidratação e favorece muito os cabelos que passaram por química.

Reconstrução (R). Muitas mulheres, depois de tingir o cabelo, fazer luzes ou de submetê-lo a químicas, ficam com o cabelo fraco, quebradiço… Em muitos casos, a química não dá certo e o cabelo se parte na metade (o temido corte químico), ou então fica cheinho de pontas duplas, triplas, quádruplas… Nesse caso, a reconstrução entra para repor a massa do cabelo e devolver o peso aos seus fios. O ideal é incluir o procedimento no cronograma capilar pelo menos uma vez ao mês.

Tenho aqui pra vocês o cronograma que eu costumo seguir – que é o cronograma oficial – para guiar vocês também… Esses processos podem ser alterados, mas não é recomendável exceder duas reconstruções por mês. O ideal é esperar pelo menos 2 dias (48h) para cada procedimento, como a maioria das pessoas lava o cabelo dia sim, dia não, você alterna esses processos entre as lavagens e tá tudo certo.

Cronograma Capilar | O oficial

Nos próximos posts, vamos dar dicas de como montar um cronograma legal para as necessidades do seu cabelo e quais produtos você pode comprar para começar o seu cronograma asap!

Tem um grupo de cronograma capilar no Facebook, caso alguém se interesse – clique aqui.

Beijos, C.

Compartilhe!

Comentários