A Entrevista de Emprego Tirou a Nossa Personalidade

A Entrevista de Emprego Tirou a Nossa Personalidade

Uma pequena reflexão sobre a famigerada entrevista de emprego.

A maioria das interações que recebo dos meus leitores pede dicas de look para uma entrevista de emprego. Já até fiz posts no instagram a respeito (confesso que tô devendo pro blog), com inspirações legais para não fazer feio na hora de falar com o RH e com seu futuro gerente. Não há nada de mal em querer estar bem apresentado num momento desses – até porque esse pode ser o emprego dos seus sonhos, certo? Por isso, procuro sempre dar dicas para acertar no visual e causar uma boa primeira impressão.

Mas vocês perceberam que, com o tempo, temos nos tornado reféns de certos padrões? Não digo só em entrevistas, mas no geral também. No caso de seleção de emprego, tem sempre aquelas famosas dicas: use cores neutras, cuidado com os acessórios, nada de estampas, batom escuro nem pensar, faça uma escova nesse cabelo, nada de gravata colorida. Não faça, não use, não seja. E assim nos tornamos clones um do outro, respondendo sempre as mesmas coisas – somos todos proativos, aprendemos rápido, temos desenvoltura para apresentações, e nosso maior defeito é sermos perfeccionistas e workaholics. Como somos profissionais perfeitos, não?

Psicólogos e profissionais de RH, me corrijam se eu estiver errada, mas a entrevista é um momento chave para conhecer o candidato e identificar suas melhores skills para determinada vaga, além de perceber certos comportamentos e alinhamento com os valores da empresa.

Como se destacar, se você é um clone dos outros?

Há quem ame um look preto e branco (eu). Mas, por que não inová-lo com uma modelagem inusitada, como uma pantacourt ou um wrap dress? Por que não usar uma gravata roxa com terno azul marinho na hora de conhecer seu gestor? E por que deixar de lado aquela sua linda blusa verde, se ela te faz sentir mais confiante?

Vou mais fundo: por que se fingir de desinibido, quando na verdade você é super tímido, mas extremamente focado? Meu melhor exemplo é uma colega de trabalho, aprovada no mesmo programa de trainees que eu entrei. Sempre a vejo gaguejar no começo de uma apresentação, mas seu domínio sobre os assuntos e sua execução perfeita no trabalho lhe garantiram uma vaga num dos programas de aceleração de carreira mais robustos que conheço. Aparentemente, ela não tinha o “perfil” que todo mundo pensa para um trainee. Mas esse foi o diferencial dela – ela não é todo mundo. Ela é ela e ela sempre foi ela, e assim ela foi escolhida. E é uma das profissionais mais competentes e sensacionais que eu tive o prazer de conhecer.

Sabe aquela campanha de independência e ser o que você quiser ser que você apoia e compartilha no Facebook? Tome um tempo de seu esforço para traduzir em seu código de comportamento e vestimenta no trabalho (e em entrevistas de emprego, principalmente). Já pensou que você pode ter perdido aquela vaga que você tanto quis, porque se vestiu e se comportou como todo mundo?

Compartilhe!

Comentários

One thought on “A Entrevista de Emprego Tirou a Nossa Personalidade

  1. Adorei este posto Carlinha… é a pura verdade! Trabalho em uma empresa de recrutamento e constantemente recebemos os mesmos questionamentos dos candidatos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *