Como usar: étnico no trabalho

Como usar: étnico no trabalho

E houve boatos de que o étnico tava na pior…

Em alguns casos, achamos que determinadas estampas não combinam com o look de trabalho. Às vezes por serem muito grandes, ou muito infantis, ou muito casuais… A étnica é uma delas. Esse tipo de estampa, seja trabalhada diretamente no tecido ou através de bordados e patchworks, causa um certo medinho e furor ao usar.

Esse trabalho no tecido, tão rico e caprichado, merece nossa atenção especial – e não nosso nariz torto. Muitas vezes, aquele poncho do Atacama ou aquele colete trazido da sua viagem à Índia pode levantar seu look e mudar completamente sua produção corporativa.

Nas passarelas de primavera 2016, Isabel Marant trabalhou sua coleção quase inteira no étnico – fazendo um contraponto super legal com tecidos metalizados e cortes mais jogger, modernizando as batas bordadas e casacos de suas criações, tornando as peças muito mais usáveis e fáceis de incorporar no guarda roupa normal.

Étnico no trabalho | Isabel Marant SS 2016

Já as coleções de Valentino da mesma época – tanto a ready-to-wear como a haute couture – conversaram no étnico completamente: a primeira, muito mais casual, alegre e colorida, trabalhada em tecidos vivos, e a segunda numa pegada rainha do deserto – com um trabalho de tecidos variando entre seda, couro, tapeçaria e bordados – criando uma mulher guerreira e deusa, tudo na mesma coleção.

Étnico no trabalho | Valentino RTW SS 2016

Étnico no trabalho | Valentino HC SS 2016

Por essa razão, peguei algumas inspirações de looks para vocês – provando que o étnico não é só um item de final de semana, mas um complemento fashionista e sensacional para seu look de trabalho.

Casacos, coletes e ponchos. Em cima de um look normcore – flare preta e blusa branca – essas peças ganham vida. Qualquer produção sai do lixo ao luxo com o colorido dessas estampas e bordados. Finalmente aquele seu blazer da África terá utilidade!

Étnico no trabalho | Casacos, coletes, ponchos

Lenços e colares. Esses acessórios são ótimos para quem ainda não quer arriscar, pois são discretos e podem ser facilmente tirados. Sabe aquela pashmina liiiiinda que sua amiga trouxe da Tailândia? Aproveite para usar em volta do pescoço, por cima de um look monocromático. Aquele colar de miçangas? Fica perfeito com seu tubinho-nosso-de-cada-dia.

Étnico no trabalho | Lenços e colares

Batas. Essas, por sí só, já chamam atenção. Geralmente em cores fortes e trabalhos muito detalhados, essas batas ficam lindas com calças off white ou escuras, indo do trabalho a um evento apenas trocando o brinco ou adicionando umas pulseiras.

Étnico no trabalho | Batas e blusas

Bolsas. De clutches para sair à noite até as mais utilitárias, as bolsas são muito úteis para deixar seu jeans e camisa muito mais estilosos. Nos looks de trabalho, prefira as de fundo escuro do que as que tem tecidos muito trabalhados, pois podem derrubar um pouco a produção, pelo excesso de informações.

Étnico no trabalho | Bolsas

Inspiração não falta, né? Marquem seus looks étnicos com a hashtag #looknotrabalho, assim consigo acompanhar vocês e me inspirar!

Beijos, C.

Compartilhe!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *